Sábado, 04 de Abril de 2009

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME!

 

Deus é infinito, é fonte da vida, é amor, bondade, perdão. É grandioso.

 

Criou todo o universo com harmonia e perfeição. Deus pensou em tudo. Não deixou nada ao acaso.

 

Criou vários mundos, dando a cada um deles as condições necessárias à sobrevivência das espécies que os habitam.

 

E tudo tem a sua função desde o reino animal, vegetal e mineral. São necessários ao equilíbrio do ecossistema. Deu a todos a possibilidade de evoluir e de crescer.

 

Deus não julga está sempre dentro de nós, a ajudar-nos.

 

Deus é nosso Pai. E se Deus é infinito nós somos infinitos somos feitos à sua imagem e semelhança.

 

Então se Deus é toda a grandiosidade de amor, perdão e bondade se nós somos seus filhos também deveremos saber ter essa grandiosidade.

 

E cego é aquele que não acredita, que não tem fé e que julga que com a morte do corpo tudo acaba.

 

VENHA A NÓS O VOSSO REINO
 

Jesus ensinou aos homens como era caminhar de acordo com as leis de Deus.

 

Mostrou o que era a humildade, o perdão, a tolerância, a caridade e o amor.

 

Pediu a união entre os homens pois só assim poderia ser estabelecida a paz e a justiça e poderem ajudar-se mutuamente em vez de se prejudicarem como ainda hoje isso acontece.

 

O forte deverá amparar e ajudar o fraco em vez de espezinhá-lo, evitando muitos problemas que nascem dos abusos e dos excessos que todos os seres cometem. Todas as misérias do mundo são derivadas da violação das leis de Deus. Porque toda a causa tem o seu efeito por isso cada violação terá a sua consequência.

 

Deus deu ao animal o instinto que é uma condição necessária à sua sobrevivência enquanto que ao homem além do instinto deu a inteligência, a razão e o livre arbítrio, assim poderia ter a liberdade de cumprir ou não todos os ensinamentos que Deus nos deu. O homem tem a faculdade de escolher entre o bem e o mal para que um dia perante Deus possa ter o mérito e a responsabilidade dos seus actos.

 

Ninguém poderá dizer que desconhece, que nunca ouviu falar em Deus, em Jesus e no que nos foi ensinado até porque na nossa consciência temos toda a lei divina gravada, porque somos todos filhos de Deus e o nosso espírito é infinito, aqui não há distinção de raça ou religião.

 

Por tudo isto cada vez que violarmos estas leis estamos a desprezar a Deus e a nós próprios.

 

Haverá um dia em que na Terra tudo será perfeito, que haverá a união entre os homens, que todos saberão o que é o amor, perdão, humildade, tolerância e caridade.

 

Há-de chegar o dia em que na terra não haverá quem diga que não acredita que Deus existe.

 

Então poderemos dizer que neste mundo todos os seres serão felizes.

 

Por isso deveremos pedir a Deus que dê mais sabedoria aos homens, que mostre o caminho da verdade àqueles que ainda hoje não querem acreditar e ainda gozam quando ouvem alguém a falar de Deus.  

 

SEJA FEITA A VOSSA VONTADE, ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU!
 

Todos nós temos uma missão a cumprir, temos que tentar ultrapassar todas as provas que nos surgem todos os dias e temos que saber aceitá-las com resignação, sem revolta nem lamentações.

 

Fomos nós que pedimos a Deus tudo aquilo que somos, a vida que temos para podermos evoluir e isto não nos podemos esquecer.

 

Portanto seja feita a Vossa vontade é cumprir as leis de Deus e submeter-nos sem lamentações, porque a submissão é um dever de filho para com o pai. De um ser inferior para um superior e muito maior deverá ser a nossa submissão para com Deus nosso Pai criador de todo o universo.

 

Quando o homem compreender que Deus é a fonte da vida o criador de todos os seres vivos e verificar que sem Deus não é nada tornar-se-á submisso e respeitará todas as leis divinas como seres encarnados como fazem hoje os espíritos em evolução.

 

 

O PÃO NOSSO, DE CADA DIA, DAI-NOS HOJE!
 

Que Deus nos dê o alimento necessário à sobrevivência do nosso corpo e nos dê o alimento espiritual para a evolução do nosso espírito.

 

O animal para sobreviver basta encontrar o alimento na pastagem enquanto que o homem para se alimentar necessita de ter a sua própria actividade e recorrer à sua inteligência. Deus deu ao homem a liberdade e disse-lhe:

 

“Amassarás o teu pão com o suor do teu rosto”

 

O que transformou para o homem o trabalho numa obrigação o que o leva a exercitar a inteligência na procura dos meios para a sua sobrevivência e do seu bem estar.

 

Porque sem o trabalho o homem permanecia estacionário e não desejaria a felicidade dos espíritos superiores.

 

Deus está sempre a ajudar-nos basta sabermos confiar. O homem só necessita do essencial para a sua sobrevivência. Se tivermos fé e acreditarmos mesmo quando estamos com muitas dificuldades ao chegar a hora temos sempre aquilo que precisamos.

 

Agora para aquele que é ambicioso que para atingir determinados objectivos pode prejudicar outros e só se preocupam com o supérfluo Deus em nada interfere.

 

Quantas destas pessoas caem pela sua própria culpa, derivado à ambição e à imprudência mas não têm o direito de se queixar um dia serão eles mesmos a punirem-se de todos os erros que cometeram. Mesmo a estes Deus não abandona porque todos são filhos de Deus e Ele é infinitamente misericordioso.

 

Muitas coisas que nos acontecem poderiam ser evitadas mas em vez de nos andarmos a lamentar deveríamos usar a inteligência para podermos ultrapassá-las. Como seres inteligentes temos o dever de saber aplicar bem essa inteligência.

 

O trabalho condiciona a vida do homem na terra, que deus nos dê a coragem e a força para cumpri-la e que Deus nos dê também a prudência e a moderação para não pormos a perder os seus frutos

 

Dai-nos pois, Senhor, o Pão Nosso de Cada Dia

 

Dai-nos os meios de adquirir pelo trabalho as coisas necessárias, pois ninguém tem o direito de reclamar o supérfluo.

 

Se tivermos impossibilidade de trabalhar deveremos confiar na providência Divina.

 

Se tivermos que passar por as mais duras privações apesar dos nossos esforços devemos aceitá-las como uma justa expiação das faltas que tivemos nesta vida ou numa vida anterior porque sabemos que Deus é justo e que se estamos a ter essas dificuldades foi porque nós as pedimos.

 

Que Deus nos ajude a não ter inveja contra os que possuem aquilo que não temos, ou mesmo contra os que dispõem do supérfluo quando nos falta o necessário.

 

Que Deus lhes perdoe de se esquecerem da lei da caridade e do amor ao próximo.

 

Que Deus nos ajude a ser justos ao ver a prosperidade do mal e a infelicidade que abate às vezes o homem de bem.

 

A justiça de Deus sempre se cumpre e não faz excepção de ninguém. A prosperidade material do maldoso um dia acaba e terá as suas consequências enquanto aquele que sofre com resignação terá uma alegria eterna.

 

PERDOAI AS NOSSAS DIVIDAS ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS AOS NOSSOS DEVEDORES

 

Cada vez que ignoramos as leis divinas é uma ofensa que fazemos a Deus e é uma divida que contraímos que mais cedo ou mais tarde teremos que pagar.

 

Pedimos à Vossa infinita misericórdia o perdão com a promessa de que iremos esforçar-nos em não contrair outras.

 

Fizestes da caridade uma lei expressa para todos nós, mas a caridade não é unicamente ajudar todos aqueles que necessitam.

 

A caridade é ainda o esquecimento e o perdão das ofensas que nos fazem. Que direito teremos nós um dia de pedir perdão a Deus por todas as falhas que cometemos, se não conseguimos perdoar àqueles que nos fizeram mal.

 

Dai-nos Senhor a força suficiente para não sentirmos ressentimentos, ódios e rancores. Quando chegar a hora da nossa morte fazei com que não nos surja o desejo de vingança no coração.

 

Se Vós tiverdes de nos tirar hoje mesmo deste mundo fazei com que possamos apresentar-nos perante Vós com amor, livre de ressentimentos e ódios, como fez Jesus Cristo que as suas ultimas palavras foram o de pedir perdão para todos aqueles que lhe fizeram mal.

 

Todas as dificuldades e perseguições que nos fazem sofrer, são parte das nossas provas terrenas. Devemos aceitá-las com resignação e devemos olhar para aqueles que nos fazem mal com amor e perdão, pois sem saberem estão a abrir o caminho da nossa felicidade eterna, pois Jesus disse “Bem-Aventurados os que sofrem pela justiça”.

 

Deveremos abençoar aquele que nos fere e humilha, porque o sofrimento do corpo fortalece-nos a alma e seremos recompensados da nossa humildade.

 

Bendito seja o Vosso Nome Senhor, porque nos ensinaste que após a nossa morte teremos outras existências e oportunidades e os meios para podermos reparar todas as nossas faltas passadas e de realizar noutra vida aquilo que nesta não podemos fazer para a nossa evolução.

 

Assim se explicam todas as aparentes anomalias da vida porque nada existe por acaso e tudo é necessário para o nosso crescimento, porque a luz é lançada sobre o nosso passado e o nosso futuro, como um sinal da Vossa soberana justiça e da Vossa infinita bondade.

 

 
NÃO NOS DEIXEIS CAIR EM TENTAÇÃO, MAS LIVRAI-NOS DO MAL
 

Dai-nos forças Senhor para resistirmos à influência das almas desencarnadas e perispiritos que tentarão desviar-nos do caminho do bem inspirando-nos com maus pensamentos.

 

Nós somos espíritos imperfeitos encarnados na terra para expiar as nossas faltas e melhorarmos. A causa do mal está em nós que nos deixamos levar por esses pensamentos porque as almas desencarnadas e os perispiritos apenas se aproveitam dos nossos vícios e das nossas fraquezas, nós somos uma porta aberta às suas influências.

 

Eles não fazem nada contra os espíritos perfeitos.

 

Tudo o que fizermos para afastá-los será inútil.

 

Temos que tentar ser mais fortes que eles. Contrariando os nossos maus pensamentos e atitudes. Só assim eles se afastam de nós naturalmente porque o mal é que os atrai enquanto o bem os repele.

 

Senhor ajudai-nos nas nossas fraquezas e inspirai-nos através do nosso Anjo da Guarda e dos bons espíritos para corrigirmos as nossas imperfeições, para deixarmos de ser acessíveis aos espíritos impuros.

 

Senhor és a fonte da vida onde só há lugar ao bem.

 

Somos nós mesmos que criamos o mal cada vez que infringimos as Vossas leis e pelo mau uso que fazemos da liberdade que nos destes.

 

Quando os homens acreditarem e observarem as Vossas leis todo o mal desaparecerá da terra como aconteceu em mundos mais adiantados.

 

Não existe a fatalidade do mal para ninguém, será irresistível apenas para aqueles que adoram ver o mal que provocam nos outros.

 

Mas se temos vontade de fazer o mal, também poderemos ter vontade de fazer o bem e é por isso Senhor que solicitamos a Vossa ajuda e a dos bons espíritos para resistirmos à tentação.

 

 

ASSIM SEJA!
 

Que nos concedas Senhor a realização dos nossos desejos! Inclinamo-nos perante a Vossa infinita sabedoria. Em todas as coisas que não compreendemos que seja feito segundo a Vossa Santa Vontade e não segundo a nossa, porque Vós só quereis o nosso bem e Sabeis melhor do que nós o que é necessário para a nossa evolução.

 

Não Vos dirigimos esta Prece Senhor, só por nós mesmos mas também por todas as criaturas sofredoras, encarnadas e desencarnadas, pelos nossos amigos e pelos nossos inimigos, por todos os que se encontram nos hospitais, por os presos, por todos aqueles que dormem na rua, pelas crianças abandonadas, pelos que andam no mar, no ar e em terra, por todos os que vivem em guerra, por todos os chefes de estado, por todas as mulheres que pensam em abortos, por todos aqueles idosos e doentes em fase terminal que pensam na eutanásia, por aqueles que necessitam de alimento, por todos aqueles que ainda não acreditam em Vós.

 

Suplicamos para todos a Vossa Misericórdia e a Vossa Bênção.



publicado por isabel-maria às 00:21
O Mestre ensina que devemos procurar o isolamento ou recolhimento na hora de orar.Ele ouve em segredo e sabe a nossa necessidade.Acho que o Seu Reino é manifestado no seu Filho, devemos ouvir a sua mensagem como sendo una com o pai.Se resolvêssemos as nossas necessidades com o Pai através da Oração haveria razão para ser Cristão?O Reino do Pai tem muitas «casas».Há uma ligeira noção de fartura que penso poder traduzir muita gente.As milícias celestes são incontáveis
É melhor entrar do que não entrar, mesmo com falta de parte do corpo.«O Seu reino é imenso e a sua medida tem parâmetros
que reflectem os níveis de pernas,braços e cabeça».
bem hajam.
JAZMAL a 17 de Março de 2011 às 19:41

mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


blogs SAPO

CC-BY-NC.png
"CC-BY-NC" por Heflox - Obra do próprio. Licenciado sob CC0 via Wikimedia Commons.